23:55

As desculpas mais
esfarrapadas
desconexas
dilaceradas
embriagadas
intolerantes e
amedrontadas
que eu já ouvi na vida.

19:24

na sua boca
eu sou sereia
sou morena
vou da savana
à hong kong

é só desejo
nem disfarça
me rabisca
me amassa
depois beija

ai ai, seu amor me redesenha.

22:46

tentei não decorar todas as tuas manias
tentei não colorir todas as tuas falhas
tentei não desenhar sempre o teu sorriso
perto do meu

pensei se por acaso tu viesses
pensei se por descaso te perdesses
pensei que com cuidado eu seria
todo seu

deixei tudo de lado e fui te ver
deixei até o meu eu-lírico por você
senti saudade dos poemas
voltei.

Mezzo jornalista, mezzo poeta. Minha vida é um (des)equilíbrio entre Beyoncé, Big Brother Brasil, Damien Rice, Maria Rita, feminismo, Leminski, Alan Moore e George Orwell. Isabella Mariano, 25 anos, Vitória, Espírito Santo.